Faixa publicitária
Localização: HOME ENTRETENIMENTO FRASES CÉLEBRES Artigos de opinião O ensino da técnica

O ensino da técnica

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Avaliação: / 5
FracoBom 

Lou CarneseccaEsta semana vou falar sobre a forma como o reputado técnico norte americano Lou Carnesecca ensinava a técnica aos seus jogadores de basquetebol.

Essa informação foi-me transmitida pelo professor Francisco Costa que acompanhou de perto esse técnico americano quando ele veio cá, nos Carvalhos, para dar formação aos treinadores portugueses.

Conta o professor Francisco Costa que Lou Carnesecca, apesar de não ser professor de profissão, tinha uma capacidade pedagógica extraordinária. Com ele aprendeu, entre outras coisas, alguns truques da arte de bem ensinar a técnica a jogadores de basquetebol.

Lou CarneseccaAo invés de utilizar a bola nas suas demonstrações das técnicas ofensivas com bola, Carnesecca nunca a utilizava. Bem pelo contrário. Mimava os gestos e movimentos a seco, exagerando por vezes aquilo que queria que os jogadores valorizassem e assim conseguindo uma atenção focalizada naquilo que queria realmente ensinar. Caso utilizasse a bola, a atenção dos jogadores iria exactamente para aspectos secundários: se a bola entrava ou não no lançamento; se o treinador era exímio ou não no manejo de bola; se ele falhava no controlo desta ao demonstrar uma determinada técnica. Assim, ao demonstrar o lançamento sem usar a bola, podia apontar os pontos essenciais da mecânica correcta de lançamento. E ao ensinar as várias formas do drible, ele podia apontar os pormenores da colocação das pernas e mãos, coisa impossível de fazer com bola, à velocidade normal do gesto.

Ao retirar a bola das suas demonstrações ele colocava a ênfase no que realmente queria e era importante para os jogadores, e sem a preocupação de falhar. Aliás, aos treinadores não compete serem necessariamente bons na execução técnica mas sim serem competentes no ensino e treino dos atletas, na formação destes e na condução de equipas. E à medida que os anos vão passando é normalíssimo que os seus jogadores passem rapidamente a ser mais ágeis e tecnicamente mais  fortes que o seu treinador. O que Carnesecca fazia, além de dar prova de inteligência, era dar mostra de elevado sentido pedagógico.

Pensamos que este método de ensino das técnicas utilizado por Carnesecca continua bem válido nos dias de hoje. O que achas tu, leitor?

Lou CarneseccaPara finalizar faremos uma citação muito significativa de Lou Carnesecca referenciada pelo conhecido treinador português Orlando Simões:

"O fulcro da questão no basquetebol, não reside nos sistemas tácticos ou nos exercícios de treino que utilizamos, mas sim naquilo que, por via deles, cada treinador consegue ensinar e fazer melhorar os jogadores com quem trabalha."

Lou Carnesecca (1985) Intervenção técnica no curso de formação de treinadores de basquetebol nível III. FPB, Carvalhos. citado por Orlando Simões na sua tese de mestrado.

Alguns dados biográficos: Luigi P. “Lou” Carnesecca nascido em 1925, em New York, foi treinador da Universidade de St. John’s durante 24 anos (1965-70 e 1973-1992), tendo durante três anos, de 1970 a 1973, treinado os New York Net’s da NBA. Foi seleccionado como treinador nacional do ano, em 1983 e em 1985, pela U.S. Basketball Writers Association.

 

Comentários 

 
0 #3 Henrique Santos 04-02-2012 13:40
Ao Anibal Tavares e ao Júlio Carlos Silva, um agradecimento pelos comentários enriquecedores.
Citar
 
 
+1 #2 Júlio Carlos Silva 16-01-2012 15:42
A primeira presença de LOU CARNESECCA em Portugal fez-se em 1977, no Curso de Treinadores Nacionais, nível que encerrava um ciclo de formação que começava nos Treinadores Estagiários e passava pelos Treinadores Regionais. Carnesecca esteve uma semana nos Carvalhos a leccionar como prelector daquele Curso, juntamente com os Professores Teotónio Lima e Jorge Araújo nas "coisas" do basquetebol e Monge da Silva nas coisas da Metodología do Treino. O curso realizou-se em Setembro desse ano e o convite a Carnesecca foi feito durante o Congresso Mundial de Treinadores de Tenerife nesse verão, através do Director Técnico Nacional da altura, Professor Hermínio Barreto. Aproveito para endereçar ao Dr. Aníbal Tavares um forte abraço, eu que o conheci à mais de 30 anos no decorrer de um daqueles cursos: o seu comentário mostra quanto está actualizado e o reconhecimento devido à Formação de Treinadores daqueles tempos...
Citar
 
 
+3 #1 anibal tavares 06-01-2012 18:42
Quem nos anos 70 e 80 acompanhou a formação de treinadores poderá testemunhar que esse princípio de ensino de ensinar as técnicas sem utilizar a bola foi e é um processo eficaz de formação de grandes jogadores. Entre esses permitam -me destacar dois que usufruiram desse processo enquanto jogadores de escalões de formação - Tó Ferreira e Pedro MIguel. Em Portugal serão um exemplo da aplicação desse processo pedagógico de Carneseca e tão bem divulgado por Teotonio Lima e Jorge Araújo nos Cursos de Treinadores então efectuados. Que os técnicos de formação actuais meditem nos ensinamentos do grande Carneseca e verão que conseguem ensinar técnicas correctas aos seus jogadores.
Citar
 
 


Buscas no Planeta Basket

  • Treinadores

  • Lendas

  • Resultados

Sample image Canto do Treinador Exercicios, comentários, artigos, etc...ver artigos...

Sample image Lendas de Basquetebol Quem foram as personagens marcantes da modalidade. ver artigos...

Sample image Resultadoos e Classificações Todos os resultados na hora... Ler mais...

Facebook

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária