Cuba foi mais forte
 
Localização: HOME

Cuba foi mais forte

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Avaliação: / 0
FracoBom 

No primeiro dos encontros de preparação agendados com a selecção de Cuba, Portugal perdeu ontem no pavilhão municipal de Vila Pouca de Aguiar por 51-66. A equipa cubana vinda de uma digressão por Espanha onde defrontou a selecção principal do país vizinho tendo perdido os 2 jogos por diferenças entre 11 e 14 pontos, além de ter ganho à selecção da Galiza por mais de 40 pontos, demonstrou que está num patamar uns furos acima do basquetebol luso.

A participação em campeonatos Sul-Americanos, Mundiais e Jogos Olímpicos, naturalmente que transmite às praticantes cubanas um à vontade e uma dinâmica de jogo superior ao patenteado pelas nossas representantes.

Não podendo contar com Paula Muxiri (do 5 inicial) e Susan Foreid em virtude de ambas terem prolongado a sua estadia em Angola após o torneio internacional do Lubango, Carlos Portugal apostou em Débora Escórcio para a posição de extremo, solução que se verificou não ter sido muito conseguida face à baixa produtividade ofensiva da jogadora madeirense. A perder por 6-12 no minuto 6, o seleccionador luso fez entrar a jovem poste (ainda Sub-19) Sofia Carolina que entrando com grande à vontade e confiança, soube aproveitar a oportunidade concedida por Carlos Portugal batendo-se muito bem nas tabelas (4 ressaltos) e do ponto de vista atacante esteve em bom plano (12 pontos). Depois de estar a perder por 10 pontos (16-26) no minuto 15, Portugal acertando 2 triplos (Ana Oliveira e Ana Fonseca) reduziu o prejuízo para 4 pontos (28-24). Pedido um desconto de tempo com 2 minutos e 18 segundos para jogar, o técnico lusitano viu as suas pupilas desconcentrarem-se sofrendo um parcial de 0-9 até ao descanso (24-37). A entrada de Sofia Ramalho no inicio do 3º período transmitiu a turma das quinas uma maior velocidade na transição defesa-ataque e mais agressividade a atacar o cesto (3 faltas provocadas no 3º quarto) vindo a culminar com mais duas penetrações coroadas de êxito e um triplo nos últimos 10 minutos terminando com 12 pontos. No ultimo quarto o seleccionado luso, defendendo com grande espírito de ajuda e agressividade, conseguiu diminuir a diferença pontual (que chegou a ser de 23 pontos no final do 3º período) para os 15 pontos finais (51-66). Destaques na selecção portuguesa para Sónia Reis (17 pontos e 8 ressaltos), Sofia Carolina (12 pontos e 4 ressaltos) e Sofia Ramalho (12 pontos, 1 triplo e 3 faltas provocadas). Na equipa de Cuba as melhores foram a base Gelis (12 pontos e 1 triplo), a atiradora Amaro (12 pontos e 2 triplos) e a poste Ávila (15 pontos e 1 triplo).

Ficha de Jogo

Portugal (51) - Carla Nascimento (2), Carla Freitas (2), Débora Escórcio, Sara Filipe e Sónia Reis (17); Sofia Carolina (12), Joana Fogaça, Ana Fonseca (3), Ana Oliveira (3) e Sofia Ramalho (12).

Cuba (66) - O. Gelis (12), Y. Amaro (12), M. Cepeda (4), K. Clavo (3) e S. Ávila (15);  C. Noblet (2), C. Echevarria, I. Casanova (4), L. Oquendo (8), A. Romero (4) e T. Fernandez (2).

Por períodos: 12-14, 12-23, 10-20, 17-09

Árbitros: Nelson Guimarães e Marco Teixeira

Arquivo: Selecções – Seniores Femininos

 

Facebook Fronte Page

Buscas no Planeta Basket

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária