Que valor tem o reconhecimento?
 
Faixa publicitária
Localização: HOME 1ª DIVISÃO FEMININA Artigos diversos Que valor tem o reconhecimento?

Que valor tem o reconhecimento?

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Avaliação: / 12
FracoBom 

Que valor tem o reconhecimento?Se pensarmos na nossa vida rapidamente verificamos que somos um ser eminentemente social e que a nossa existência está profundamente ligada a outros seres humanos.

Assim como, por exemplo para a nossa existência dependemos que quem produz os nossos alimentos e vestuário, apenas para referenciar duas coisas básicas, também a nossa modalidade é alimentada pelos muitos treinadores do minibásquete, que deveriam ter mais apoio e reconhecimento.   A ideia e noção do coletivo é decisiva para o crescimento e desenvolvimento do minibásquete e motivar as pessoas que criam o gosto e ensinam os primeiros passos na modalidade é demais importante para ser esquecida.

Em resposta ao artigo “Elogio às treinadoras de Minibásquete”, ficamos muito felizes pelas reações do José Gomes, do Celso Casinha, diretores técnicos das Associações de Basquetebol de Braga e de Leiria, assim como da Susana Del-Rio Chust dos Pimpões das Caldas da Rainha, do companheiro Júlio Silva e da amiga Teresa Xavier, que prontamente tiveram a sensibilidade e preocupação de responderam ao nosso apelo. Para eles o nosso mais sincero agradecimento. A sua colaboração vai nos permitir aumentar a nossa listagem, com os nomes de Marta Gomes, Mariana Fontes, Angélica Cruz, Ana Umbelino, Cláudia Mané e Gernice Silva, a (Jay).  A estas treinadoras ainda nos lembrámos de acrescentar os nomes de Cristina Bordadágua, Liliana Coelho e Sofia Coelho.

Contudo não deixámos de ficar com uma pontinha de desilusão, porque estávamos à espera de mais reações a informarem-nos sobre outros nomes de treinadoras. Se foi por realmente não haver mais é uma pena e não é bom para a modalidade, mas ainda pior é se essas treinadoras existem e as pessoas ligadas à modalidade, nem se deram ao trabalho de nos dar a conhecer. O reconhecimento social deve ser um trabalho coletivo.  Que eu saiba, ninguém que treina minibásquete está à espera de ter uma grande visibilidade nos órgãos de comunicação social, mas o reconhecimento é um valor social que não deve ser esquecido.

Aqui vai a lista atualizada das treinadoras de minibásquete. Bem hajam:

Ana Freixo, Ana Moreira, Ana  Umbelino, Ângela Salgueiro, Angélica Pinto, Claudemira Cação, Cláudia Mané, Cristina Bordadágua, Cristina Leite, Debora Herzig, Fátima Batista, Gernice Silva, Gilda Alves, Irina Ferreira, Kelly Freitas, Isabel Mendes, Liliana Coelho, Liliana Dias, Livramento Pamplona, Marta Gomes, Lurdes Miranda, Maria José Peres, Mariana Fontes, Marisa Goulart, Patrícia Correia, Patrícia Lopes, Oriana Cação, Paula Seabra, Rita Susana Oliveira, Sandra Batista, Sofia Coelho, Sónia Reis, Susana Raimão, Teresa Barata, Teresa Xavier e Venância Bairós.

 


Facebook Fronte Page

Buscas no Planeta Basket

  • Treinadores

  • Lendas

  • Resultados

Sample image Canto do Treinador Exercicios, comentários, artigos, etc...ver artigos...

Sample image Lendas de Basquetebol Quem foram as personagens marcantes da modalidade. ver artigos...

Sample image Resultadoos e Classificações Todos os resultados na hora... Ler mais...

Facebook Side Panel

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária