Faixa publicitária
Localização: HOME BASKET CLINIC DIRIGENTES ENTREVISTAS O novo portal da Federação Portuguesa de Basquetebol

O novo portal da Federação Portuguesa de Basquetebol

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Avaliação: / 111
FracoBom 

altUma mistura de cores, funcionalidades e últimas tecnologias, o novo portal de Federação Portuguesa de Basquetebol foi apresentado ontem. O Planeta Basket não perdeu a oportunidade de entrevistar os dois mentores do novo projecto, Carlos Miguel Saldanha e Rui Gouveia.
 
 
Carlos Miguel

Porquê esta mudança?

A Direcção da Federação Portuguesa de Basquetebol tem tido o grande mérito de estar atenta às constantes evoluções no âmbito da comunicação que, por si, geram novas exigências e melhor capacidade de resposta. Há muito que as lacunas do antigo site estavam identificadas, não só a nível tecnológico e na facilidade de acesso ao manancial de informação existente, como a nível de recursos humanos que se reflectiam na quantidade e na actualização dos conteúdos. No momento em que se reuniram as necessárias condições materiais e financeiras, quem decide, não hesitou, e aí está o novo Portal. Destaco ainda o grande trabalho do Gabinete e, concretamente, de duas pessoas que materializaram a proposta desde o seu inicio e que foram, e são, os responsáveis deste projecto: O meu colega Rui Gouveia e o Engº Januário Machado, da CPIDT.

A quem é dirigido este site?

O Portal da Federação Portuguesa de Basquetebol tem uma infinidade de públicos alvo. Desde o simples adepto que quer acompanhar o dia-a-dia da modalidade até aos profissionais da Comunicação Social que procuram elementos para desenvolverem e enriquecer o seu trabalho. Obviamente, cada um procura os conteúdos que mais se ajustam à relação que tem com a modalidade e, como poderão ver, as funcionalidades (as novas e aquelas que, já existindo, foram melhoradas) procuram uma maior interactividade com todos os visitantes do www.fpb.pt, dos 6 aos 100 anos de idade, tentando dar resposta às expectativas de cada um. Creio que a partir de hoje poderemos começar a falar de uma verdadeira comunidade do basquetebol.

Em que é que o jogador, o treinador, o dirigente e sobretudo o adepto vão poder ganhar com este novo site?

Actualidade. Esta é a primeira meta de um Portal que quer informar sobre a sua actividade. Novas funcionalidades e recursos humanos permitirão maior rapidez de informação.

Interactividade. A partir de hoje, todos os agentes federados passam a ter um espaço próprio no Basquetebol. Poderão partilhar, comunicar, informar, no fundo, interagir de múltiplas formas entre eles.

Visibilidade. Todos os agentes colectivos (Associações e clubes) e individuais (Atletas, Juízes, Treinadores, etc) terão agora a oportunidade de se mostrarem e à actividade que desenvolvem a todo o universo do Basquetebol. À distância de um click poderão ver e ser vistos.

Todos eles, a partir de hoje, terão ao seu dispor uma enorme quantidade de ferramentas e com a sua colaboração contínua e construtiva poderemos, no futuro, evoluir ainda mais.

Esta é uma grande aposta da FPB na dinamização do basquetebol em Portugal. Qual é o investimento que está por detrás deste projecto?

Antes de mais, quero esclarecer que esta é uma solução informática criada em 2002/2003, com duas vertentes – O Sistema administrativo e desportivo (SA) e o Portal. Esta solução à altura era única em Portugal com funcionalidades ímpares. O tempo encarregou-se de demonstrar que era necessária uma actualização constante e em 1 de Janeiro de 2005 fez-se um primeiro grande ajuste gráfico e uma primeira grande tentativa de melhorar conteúdos e navegação. Ao longo do tempo foram feitas novas implementações mas, ultimamente, urgia fazer uma completa remodelação.

Consciente disso, a FPB criou as condições financeiras para um reforço inerente a toda esta área. Aprovou um projecto que mantém a solução integrada e onde o SA desempenha, igualmente, um papel importante na disponibilização para o Portal de conteúdos automáticos (calendários, resultados, classificações, enfim, toda uma base de dados relacional inerente à actividade federativa) mas, sobretudo, apostou num “rosto” moderno, dinâmico e interactivo.

Mais do que investimento foi feita uma aposta clara na qualidade e na inovação. Este é um Portal (não um Sitio) único em Portugal que se “adapta” às características e exigências específicas de cada visitante e que, a partir de hoje, será ainda mais interactivo. Continuaremos a evoluir e já há mais ideias de novas implementações e novidades que serão reais num futuro próximo. De agora em diante, www.fpb.pt entrou numa nova era e, decerto, a partir de agora será uma referência no universo dos sítios de internet dedicados ao desporto, em Portugal e não só.


 Rui Gouveia

Quais são as principais novas funcionalidades deste site?

Existem, de facto, várias funcionalidades novas, mas o factor “novidade” está mais patente nesta 2ª versão do portal, enquanto “um todo”, do que nesta ou naquela ferramenta específica. Isto, porque tudo foi repensado, inclusivamente os próprios fundamentos conceptuais – o que significa que se tomaram opções novas a vários níveis: desde a forma como se chega à informação pretendida (ou seja, a navegação), até à forma como essa informação é apresentada, onde se irá notar um cuidado bastante maior no grafismo.

Respondendo directamente à pergunta, as funcionalidades novas que merecem maior destaque são a ferramenta de pesquisa de competições (no topo da página principal, à esquerda), onde se poderá aceder a todas as competições lançadas no Sistema Administrativo da Federação e, quase de imediato, consultar as classificações, os resultados, calendários e estatísticas. Para que tudo isto valha mais a pena, foi também criado um serviço de SMS que já está a funcionar e que permite que o portal mostre os resultados de todos os jogos, poucos minutos após o término dos mesmos (aqui, é de assinalar o contributo dos árbitros, pois são eles quem envia os referidos SMS’s). Uma outra funcionalidade que julgo ser de todo o interesse é a disponibilização de um serviço de clipping, a partir do qual os visitantes poderão consultar, diariamente, artigos (em PDF) publicados na imprensa e na internet sobre a modalidade – o que será particularmente útil, quando não se pôde comprar o jornal.

De resto, há todo um conjunto de novas funcionalidades cuja descrição tornaria demasiado extensa esta resposta – assim, e como o novo portal já está online, o melhor mesmo será navegar e descobrir... No entanto – e para terminar – uma nota: muitas das funcionalidades já existiam no portal anterior mas ou estavam “escondidas”, ou eram de uso complicado, pelo que houve a preocupação de tornar tudo de acesso mais simples e intuitivo. Julgo que esse objectivo foi amplamente conseguido, mas agora é altura de dar a palavra aos visitantes.

Que surpresas poderemos encontrar no novo site?

Desde logo, a página principal. Foi na concepção do layout desta página que gastámos mais tempo, pois entendemos que as grandes mudanças começavam aqui. O portal da FPB possui uma verdadeira enormidade de conteúdos (quer estáticos, quer dinâmicos) e, para que nada ficasse “escondido”, foi preciso mudar radicalmente a forma de apresentar e de dar acesso a todos esses conteúdos. Na versão anterior, a lógica foi a da arrumação: tínhamos duas barras laterais, repletas de botões que acabaram por se revelar autênticas “gavetas fechadas”; estava tudo “bem arrumado”, mas escondido. O que fizemos nesta nova versão foi “abrir as gavetas”, trazendo o máximo de conteúdos possível para a página principal. Esta opção foi motivo de muita reflexão, pois havia a noção de que isso poderia tornar a “homepage” demasiado “carregada”… ainda assim, avançou-se nesse sentido por questões de funcionalidade.

Uma outra surpresa que gostaria de salientar prende-se com as estatísticas, onde as novidades são muitas: aqui, o melhor mesmo é ver, pois as diferenças são demasiadas para descrever num simples parágrafo.

A última surpresa que vou referir é mesmo uma surpresa e, felizmente, foi possível implementa-la: refiro-me às páginas pessoais. Na altura em que começámos a desenhar e a conceber este portal, surgiu-nos uma daquelas ideias “meio loucas”: «uma vez que a solução em que estamos a trabalhar permite que cada agente federado (atletas, juízes, treinadores e enquadramento humano) tenha uma “ficha”, onde constam alguns dos seus dados como agente (por exemplo, as inscrições e os últimos jogos de um atleta), que tal se cada agente, para além dessa ficha, tiver também uma página pessoal que ele próprio possa editar?» A ideia lá foi tomando forma e, neste momento, as páginas pessoais são já uma realidade, apesar de o grafismo dessas páginas ainda estar por finalizar. E o que são as páginas pessoais? Para começar, é necessário efectuar o registo (indicar o nº de licença e os dígitos do BI pedidos pelo sistema – passados segundos recebemos um email e um SMS com o nome de utilizador e a palavra passe); com o registo efectuado, há que fazer o login, no topo esquerdo do portal e… entramos na nossa página pessoal, a partir da qual podemos criar e editar um blog, álbuns de fotografias e criar uma lista de amigos - os quais poderemos (muito em breve) desafiar para uma conversa numa sala de chat. Sob o princípio da interactividade, um dos princípios orientadores deste novo portal, espero que as páginas pessoais possam ser as bases de uma verdadeira comunidade online.

Quais foram as principais dificuldades na criação e gestão do novo site?

Tirando alguns imprevistos de ordem técnica que quase não mereceriam referência se não tivessem vindo na pior altura (ou seja, em Outubro!), há uma única dificuldade a ser referida: o tempo! Na realidade, quando nos propusemos para este projecto, sabíamos que conseguiríamos fazer tudo o que estávamos a propor; mas fomos demasiado optimistas na previsão dos prazos de execução. Começámos a trabalhar no início de Maio e a previsão inicial era a de ter o portal pronto em Julho ou no máximo, em Agosto. Uma ilusão que acabou por nos sair muito cara: durante os últimos meses e salvo raríssimas excepções, foi necessário trabalhar também à noite e aos fins-de-semana, fazendo-me lembrar (com alguma alegria, confesso) os tempos em que trabalhei numa revista que nos presenteava todos os meses com uma louca “semana de fecho”.

A propósito destes imperativos temporais e do esforço a que nos obrigaram não posso deixar de aproveitar esta oportunidade para deixar uma muito sincera palavra de elogio (e de admiração!) em relação ao Januário Machado (da CPIDT – empresa que dá o suporta à solução portal / Backoffice / Sistema Administrativo da FPB), pelo tremendo desempenho que teve em todo este processo. Afinal, foi com ele que trabalhei ao longo destes meses e, por muito que o objectivo final seja o de satisfazer os visitantes (que também “penaram” muito com o anterior portal), o facto é que a colaboração eficiente que tivemos será de boa memória. E, quase a finalizar, uma palavra de apreço também para o Carlos Miguel que, consciente da “complexidade das manobras” assegurou a colocação de tantas notícias no portal – sem isso, talvez o novo portal ainda não estivesse pronto. A última palavra terá que ser para o presidente da FPB que, perante as inúmeras lacunas do portal, nos lançou o desafio na altura certa e, confiando em nós, criou e manteve o estímulo necessário, mesmo quando os prazos foram ultrapassados.

Como profissional desta área, o que pensa do site Planeta Basket?

Realisticamente falando, o Planetabasket veio colmatar um dos espaços vazios deixados pelo próprio portal da FPB – muito em particular pela sua linha editorial e conteúdos “ricos”, nomeadamente, as entrevistas feitas aos agentes da modalidade - afinal, uma necessidade do nosso basquetebol. No entanto e em boa verdade, quando surgiu o Planeta Basket, lamentei que não fosse o portal da FPB o primeiro site de âmbito nacional a criar esses espaços de visibilidade para os agentes da modalidade, quando nos preparávamos para fazer isso mesmo: para além do processo de construção do portal, decorreu – em paralelo – um outro processo que visava a melhoria dos conteúdos do portal da FPB. Inclusive, tivemos uma reunião, há vários meses, em que o na altura Vice-Presidente Pires Antunes defendeu a prioridade da questão dos conteúdos em relação à da própria questão do portal. Felizmente, estamos já numa “nova era” em que as duas questões críticas que se punham há alguns meses atrás (o portal e os seus conteúdos) já são assunto do passado, dado o novo portal e o reforço redactorial que tivemos com a colaboração do Carlos Seixas. Em qualquer dos casos, o Planetabasket ganhou o seu espaço próprio, não porque o portal da FPB tenha ou deixe de ter certos conteúdos, mas porque é um site bem estruturado, graficamente muito bem conseguido e bastante dinâmico, ao nível dos conteúdos. Quando assim é, o espaço na internet chega para todos e o público agradece.

 

 


Buscas no Planeta Basket

  • Treinadores

  • Lendas

  • Resultados

Sample image Canto do Treinador Exercicios, comentários, artigos, etc...ver artigos...

Sample image Lendas de Basquetebol Quem foram as personagens marcantes da modalidade. ver artigos...

Sample image Resultadoos e Classificações Todos os resultados na hora... Ler mais...

Facebook

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária